O Sindicato dos Produtores norte-americanos, responsável pelo PGA Awards, tomou uma decisão quanto a uma categoria da premiação. O evento é considerado um termômetro para o Oscar no que se refere as categorias do cinema.

A partir de agora, filmes para TV e séries limitadas terão as suas próprias categorias no PGA Awards. Antes da decisão, as produções competiam entre elas.

As categorias passam a se chamar de Prêmio David L. Wolper para Melhor Produção de Série Limitada para TV e Prêmio para Melhor Produção de Filme para TV ou Streaming. A organização também divulgou as regras para cada uma das novas modalidades.


Netflix supera HBO no Emmy e mostra sua dominância na TV da atualidade

Há certa polêmica no termo série limitada, tanto que algumas vezes é utilizada como sinônimo de minissérie, apesar de muitos produtores não concordarem com isso. Para o PGA Awards, será uma série limitada a produção com no mínimo dois episódios e 150 minutos que contem uma única história, sem apresentar sequência ou novas temporadas.

Já na categoria de filmes para TV ou Streaming, é informado que a produção deve ter início, meio e fim e ser lançada em uma única parte. O longa não pode ser distribuído nos cinemas se quiser concorrer ao prêmio.

A decisão é parecida com a que o Emmy tomou em 2014, quando também separou as categorias.

A próxima edição do PGA Awards acontece em 19 de janeiro de 2019.