Em entrevista à Variety, David Harbour, intérprete de Jim Hopper em Stranger Things, revelou que a terceira temporada da série da Netflix foi inspirada em comédia de 1985, estrelada por Chevy Chase.

“Os Duffers são muito específicos com os filmes de cada ano. E Assassinato pro Encomenda é um filme com o qual podemos nos divertir nessa temporada, o que você não esperaria de Stranger Things e você não esperaria do universo de Spielberg, e certamente não esperaria de uma temporada mais sombria”, revelou o ator.

No filme de Michael Ritchie, Chevy Chase interpreta um repórter de jornal, que muda sua identidade a fim de conseguir uma notícia quente.


Stranger Things | 3ª temporada ainda será muito divertida, garante produtor

Harbour, no entanto, revelou que a nova temporada da série não será apenas divertida, trazendo momentos mais sérios, enquanto a relação de seu personagem com Eleven se aprofunda.

“O relacionamento deles vai se tornar bem mais complexo, porque, você sabe, coisas acontecem a garotos e garotas quando eles têm 13 e 14 [anos]”, disse o ator. “Muitas mudanças acontecem no corpo e na sua vida social, e não acho que ele vai saber lidar com ela se tornando uma mulher diante de seus olhos assim tão bem. É uma coisa aterrorizante para ele – talvez até mais que lutar com monstros interdimensionais”.

David Harbour ainda comentou sobre o relacionamento de Hopper com Joyce Byers (Winona Ryder), em Stranger Things, agora que Bob (Sean Astin) está morto.

“Pode existir outras pessoas nessa situação, mas acho que eles foram feitos um para o outro, e eu adoraria vê-los juntos”, confessou Harbour. “Desde o início, eu pensei que essas são duas pessoas lindas, torturadas e abaladas, que são como peças de quebra-cabeças que não se suportam, mas precisam um do outro”.

A terceira temporada de Stranger Things ainda não conta com data de estreia.