Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o diretor Jakob Verburggen falou bastante sobre The Alienist.

A série da TNT é centrada na caçada a um serial killer na Nova York no século 19, explorando também temas como divisão de classes e a aurora do movimento feminista.

Quando perguntado sobre o grande desafio em fazer a série, Verburgeen falou sobre a necessidade de se ter liberdade criativa ao retratar figuras históricas como Theodore Roosevelt e J.P. Morgan.


“Nós queríamos ser respeitosos à História, claro, mas é uma história ficcional, então tivemos que tomar algumas liberdades. Com Roosevelt, sempre falamos sobre sua narrativa ser uma história de origem – nem todo mundo sabe que ele já foi comissário da polícia. Ele acabou de perder sua esposa, ele casou novamente. A tragédia que ele estava enfrentando muito jovem é algo que Brian Geraghty traz ao papel de uma maneira muito sutil.” explica o diretor.

Primeiras Impressões | The Alienist

Quando perguntado sobre a possibilidade de uma nova temporada, Verburggen não descarta essa ideia.

“Partimos para fazer uma série baseada no primeiro livro de Caleb Carr, então nós fechamos a história e o arco dos personagens. Mas nós também nos apaixonamos por eles. Há um segundo livro, com mais aventuras para esses personagens viverem. Mas eu não sei de nada por nossa parte. Acho que isso é mais com a Paramount e a TNT”, finaliza.

Exibida na TNT no começo do ano, The Alienist traz Daniel Brühl, Luke Evans, Brian Geraghty e Dakota Fanning em seu elenco principal.