Em um novo vídeo, mostrando a morte do exército do Rei Ezekiel, na oitava temporada de The Walking Dead, o ator Khary Payton, que vive o personagem, e os produtores da série comentaram sobre os trágicos eventos.

No episódio, depois de Ezekiel acreditar que tinham completado sua missão, ele começa a fazer um discurso encorajador, dizendo que nenhuma vida foi perdida. Não demorou muito, no entanto, para que uma metralhadora começasse a dizimar as tropas do Rei.

“A melhor coisa de Ezekiel é que, quando ele toma uma decisão, ele vai até o fim”, disse Payton. “Faça chuva ou faça sol, isso vai acontecer”.


“É como quando você vai para Vegas, ou algum lugar assim, e você está nessa onda de vitórias e, depois de um rolar dos dados, você acaba perdendo tudo”, disse Payton, sobre a morte dos personagens.

The Walking Dead | Intérprete do filho de Rick comenta a saída de Andrew Lincoln

Denise Huth, produtora executiva de The Walking Dead, ainda comentou sobre como o personagem pensa nesses momentos.

“Ele liderou seu povo nessa batalha e ele tinha grande confiança nos primeiros episódios,” disse Huth. “Ele falou muito sobre como não perderiam sequer uma [pessoa]. Ter tudo isso cair por terra ao seu redor, enquanto todas as suas forças são mortas diante de seus olhos é uma perda esmagadora e é uma das primeiras grandes derrotas da guerra”.

Posteriormente, no mesmo episódio, Ezekiel percebe que o papel de Rei talvez não seja para ele.

“Ele quer renunciar e quer levar a culpa”, disse Payton.”

Scott M. Gimple, produtor executivo e ex-showrunner do seriado complementou, dizendo Ezekiel “foi quebrado” pela morte de seu Tigre, Shiva.

A nona temporada de The Walking Dead será lançada no dia 7 de outubro de 2018.