Governo russo quer banir animes do país

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para o governo russo, uma medida para melhorar a vida dos jovens no país é proibir a exibição de animes. Os governantes locais estão ligando o conteúdo com taxas de suicídio entre jovens.

A informação ganhou o mundo por conta de uma publicação do jornal Moscow Times. Uma das defensoras do polêmico projeto, uma especialista em medidas de segurança para crianças contra ameaças na internet, Yelena Ivanova, afirma que os desenhos tem grande influência sobre as crianças e adolescentes, por isso deveriam ser banidos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eles fazem muitos desenhos de qualidade no Japão. Eles não são perigosos se não forem vistos todos os dias. É outra coisa quando os personagens são adolescentes, assim como os espectadores, que também são homossexuais, fumam, bebem e cortam as suas veias. Claro, a raiz do problema é muito mais profunda que os desenhos, mas eles são feitos especificamente para esse tipo de criança”, afirmou Ivanova por meio da agência de notícias russa Novosti.

Ataque dos Titãs | Episódio inédito do anime apresenta nova transformação

Além do comentário da especialista, que conta com teor ofensivo e preconceituoso, um dos chamados criadores do projeto, Vladimir Rodogov, também pediu a banição dos animes na Rússia.

“É melhor que tenha acesso restrito para grupos questionáveis: mesmo se eles tiverem sendo exibidos ao fundo – o conteúdo deles vai vagarosamente entrando em seu cérebro. Nós somos contra medidas radicais, mas passou do tempo de colocar a cultura anime de volta aos trilhos na Rússia”, declarou Rodogov.

As informações foram publicadas por veículos do governo russo, sendo assim uma propaganda contra os animes. Produtores ou criadores de animes não responderam às declarações publicadas na imprensa do país europeu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio