Maniac | Minissérie da Netflix foi inspirada por filme de Charlie Kaufman

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

É praticamente inevitável não comparar Maniac, a nova minissérie da Netflix, com os filmes de Charlie Kaufman.

Assim como o clássico moderno Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças, Maniac traz inúmeras cenas que mostram o interior da mente humana e ainda lida com um homem e mulher cujas consciências podem não ser separadas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, em entrevista ao Den of Geek, o diretor e showrunner de Maniac, Cary Fukunaga, confirmou a influência de Kaufman na sua minissérie.

“Sinédoque, Nova York é o que preferiríamos ter como orçamento e linha do tempo na série, para explorar até todos ficarem velhos”, diz Fukunaga.

Em outras palavras, para quem não conhece a trama do filme, o diretor queria mostrar os dois personagens – literalmente – até eles envelhecerem, explorando toda a sua vida (como um Boyhood multiplicado por quatro).

Maniac | Criador da série não quer retornar para 2ª temporada

Maniac narra a história de Annie (Emma Stone) e Owen (Jonah Hill), dois estranhos que acabam se conhecendo durante os últimos estágios de um teste farmacêutico. Annie é uma mulher cheia de problema e com um péssimo relacionamento junto da mãe e da irmã, enquanto Owen é um jovem rico que teve de conviver a vida toda com o diagnóstico de esquizofrenia.

É a primeira vez que Emma Stone e Jonah Hill trabalham juntos desde Superbad (2007), quando eram ainda adolescentes. Justin Theroux será um médico que diz poder curar qualquer doença mental com apenas algumas pílulas. Sally Field completa o elenco principal.

Maniac já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio