Publicidade

A Maldição da Residência Hill | Série de terror da Netflix faz referência a Doctor Who

Publicado por Guilherme Coral

12/10/2018 09:03

A nova série de terror da Netflix, A Maldição da Residência Hill, traz uma referência a Doctor Who que há de ser percebida pelos fãs que tenham os episódios do 11º Doutor ainda frescos na memória.

O segundo capítulo da série da Netflix traz um diálogo, entre Olivia (Carla Gugino) e sua filha, que diz “Quando morremos, nos tornamos histórias. E todas as vezes que alguém conta uma dessas histórias, é como se ainda estivéssemos aqui, para eles. Todos somos histórias no fim”.

Esse diálogo faz referência clara ao episódio de 2010, The Big Bang, no qual o Doutor diz:

“Eu serei uma história na sua cabeça. Mas está tudo bem. Todos somos histórias no fim”.

O Digital Spy entrou em contato com Steven Moffat, showrunner de Doctor Who na época que o episódio The Big Bang foi lançado e falou sobre essa referência.

“Se o diálogo for um tributo proposital, então estou extremamente emocionado”, respondeu o ex-showrunner.

A Maldição da Residência Hill | Vídeo especial reúne elencos adulto e infantil da série de terror da Netflix

A Maldição da Residência Hill gira em torno da família Crane, que precisa enfrentar acontecimentos aterrorizantes em uma mansão de oitenta anos. A série adapta o clássico livro de terror da autora Shirley Jackson

Michiel Huisman, Carla Gugino, Timothy Hutton, Henry Thomas, Elizabeth Reaser, Oliver Jackson-Cohen, Kate Siegel, Victoria Pedretti, Lulu Wilson, Mckenna Grace, Paxton Singleton, Julian Hilliard, e Violet McGraw formam o elenco.

O livro já foi adaptado anteriormente para o cinema duas vezes, em um filme de 1963, dirigido por Robert Wise, e outro de 1999, de Jan de Bont. A nova versão foi criada por Mike Flanagan (Jogo Perigoso, O Espelho).

A Maldição da Residência Hill já está disponível na Netflix.

Publicidade