A Maldição da Residência Hill | Série de terror da Netflix faz referência a Doctor Who

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A nova série de terror da Netflix, A Maldição da Residência Hill, traz uma referência a Doctor Who que há de ser percebida pelos fãs que tenham os episódios do 11º Doutor ainda frescos na memória.

O segundo capítulo da série da Netflix traz um diálogo, entre Olivia (Carla Gugino) e sua filha, que diz “Quando morremos, nos tornamos histórias. E todas as vezes que alguém conta uma dessas histórias, é como se ainda estivéssemos aqui, para eles. Todos somos histórias no fim”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Esse diálogo faz referência clara ao episódio de 2010, The Big Bang, no qual o Doutor diz:

“Eu serei uma história na sua cabeça. Mas está tudo bem. Todos somos histórias no fim”.

O Digital Spy entrou em contato com Steven Moffat, showrunner de Doctor Who na época que o episódio The Big Bang foi lançado e falou sobre essa referência.

“Se o diálogo for um tributo proposital, então estou extremamente emocionado”, respondeu o ex-showrunner.

A Maldição da Residência Hill | Vídeo especial reúne elencos adulto e infantil da série de terror da Netflix

A Maldição da Residência Hill gira em torno da família Crane, que precisa enfrentar acontecimentos aterrorizantes em uma mansão de oitenta anos. A série adapta o clássico livro de terror da autora Shirley Jackson

Michiel Huisman, Carla Gugino, Timothy Hutton, Henry Thomas, Elizabeth Reaser, Oliver Jackson-Cohen, Kate Siegel, Victoria Pedretti, Lulu Wilson, Mckenna Grace, Paxton Singleton, Julian Hilliard, e Violet McGraw formam o elenco.

O livro já foi adaptado anteriormente para o cinema duas vezes, em um filme de 1963, dirigido por Robert Wise, e outro de 1999, de Jan de Bont. A nova versão foi criada por Mike Flanagan (Jogo Perigoso, O Espelho).

A Maldição da Residência Hill já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio