Estudo da BBC afirma que o mundo precisa de mais super-heroínas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com Doctor Who quebrando novos recordes na estreia de sua 11ª temporada, que contou com Jodie Whittaker fazendo a primeira versão feminina do personagem, um estudo da BBC afirma que esse é o caminho ideal.

Realizado pela BBC America e o Women’s Media Center, o estudo batizado de SuperPowering Girls chegou à conclusão de que mais papéis para mulheres como heroínas ajudam em representatividade, aumentando a confiança em meninas, que podem se ver como líderes e heroínas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Há algo de elemental para a ficção científica e fantasia, histórias mágicas, que se tornam ressonantes para meninas e meninos que estão formando suas ideias sobre quem vão ser. Eu acho que o papel do super-herói é uma expressão de poder muito importante para moldar meninos e meninas e as ideias sobre quem pode habitar uma situação de poder, e como”, afirmou Sarah Barnett, gerente geral e presidente da BBC America ao The Hollywood Reporter.

“Há histórias desde o começo do tempo sobre heróis masculinos salvando o mundo… Por causa desse marco zero do herói masculino, nós podemos introduzir nuance, nós podemos introduzir vulnerabilidade, escuridão, todo o tipo de variação no que isso significa. Quando você olha para mulheres no espaço de representação de super-herói, e ainda não há o bastante dessa ocupação, a solidez fundamental de mulheres salvando o mundo… Ainda não há a noção de que mulheres podem solidamente ocupar essa posição de herói, de ser a salvadora”, continua Barnett.

“Foi muito surpreendente para mim, o fato de que meninos, assim como meninas, adolescentes, ambos reconheceram que há menos oportunidades para mulheres e meninas. Isso em uma idade jovem, e está formando o caminho para todo o seu futuro do que elas escolhem e o que pensam que podem ser. Mas o fato de que meninos estão reconhecendo uma diferença de gênero em oportunidades é extremamente poderoso… Foi uma notícia depressiva, mas esperançosa. O reconhecimento é o primeiro passo para tentar fazer ajustes e mudanças”, completou Julie Burton, presidente do Women’s Media Center.

Doctor Who | Primeiras Impressões – 11ª Temporada

Na sua nova temporada, Doctor Who apresenta aos fãs a primeira versão feminina do personagem, que é interpretada pela atriz Jodie Whittaker.

A 11ª temporada de Doctor Who é exibida através do Crackle no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio