Publicidade

Grey’s Anatomy | Meredith aconselha Teddy sobre sua gravidez com Owen na 15ª temporada

Publicado por Lucas Nascimento

27/10/2018 01:09

O quinto episódio da 15ª temporada de Grey’s Anatomy, “Everyday Angel”, foi ao ar na última quinta-feira (25) e trouxe grandes revelações, com o destaque sendo a interação entre Meredith e Teddy, sobre a relação complicada com Owen e Amelia.

Confira os grandes destaques do episódio abaixo.

MEREDITH E TEDDY

Após um tempo seguindo-a, Meredith encontra Teddy no parque onde Cristina costumava ir para tomar café, abrindo deixa para um diálogo importante, revelando que Meredith sabe de sua gravidez.

Teddy explicou que ela esteve planejando contar a Owen sobre sua gravidez, mas então descobriu que ele estava “brincando de casinha” com Amelia, sua ex-esposa. Mas Teddy não foi embora, ela permaneceu em Seattle, por algum motivo.

Ela diz que odeia Owen e quer esmagar seu rosto, por toda a situação, mas Meredith então lembra que ela mesma cresceu sem um pai pois Ellis p havia odiado muito para permitir que ela o amasse. Ela ainda acrescentou que, quando o bebê de Teddy fosse procurar seu pai no futuro, ele não encontraria um vagabundo, mas sim um homem bom.

No fim, Teddy admite que não odeia Owen, e que ela o amava.

OWEN E AMELIA

No começo do episódio, Owen e Amelia desistem de ir trabalhar para poder vigiar Betty, com medo de que ela matasse aula. Os dois ficam de tocaia do lado de for a da escola da filha de Amelia, com Owen “assumindo” uma posição de pai da filha de sua ex-esposa.
Owen então questiona o que havia acontecido para que Amelia mudasse tanto, algo que é atribuído à remoção de seu tumor cerebral e a perda de Christopher, seu bebê que ela perdeu há tempos. Ela tinha medo de desonrar a memória de Christopher amando outro filho, mas foi algo superado.

O MENINO COM OSTEOCONDROMA

O caso principal no Grey Sloan dessa semana envolveu um garoto com osteocondroma, tumores de osso benignos que se manifestam na cartilagem. Com o retorno do Dr. Jackson Avery, ele promete serrar os tumores e melhorar a situação do garoto, contando com o apoio de Karev – que já foi o chefe de pediatria no passado.

A situação se complica quando temos a revelação de que alguns tumores não são de fato benignos, sendo necessária a remoção da escápula para se livrar de todo o câncer (afetando o funcionamento de seus braços), ou apenas serrar os tumores, sabendo que a doença permanecerá ali – requerindo tratamentos radioativos para o garoto.

O pai dá autorização para a remoção das escápulas, o que deixa o garoto e Avery devastados, por não ser a melhor solução. Porém, o médico tem uma ideia que dá certo: remover as escápulas com câncer e raspar os tumores dali, exterminando a doença. É algo que eventualmente funciona e garante muitos aplausos à equipe médica.

PACIENTE SEM DIAGNÓSTICO

Jo e Bailey também tiveram problemas para resolver no hospital, com a ausência de Meredith, ocupada com seus conselhos para Teddy. A equipe recebe o caso de uma paciente que sente-se muito mal, mas incapaz de ter algum diagnóstico sobre sua doença – e ela desesperadamente pede para ser atendida por Meredith.

Após muita tensão, Bailey e Jo descobrem que um ligamento está envolvido ao redor de uma artéria, causando dor na paciente sempre que ela engole algum alimento.

Mesmo com a vitória, Bailey compartilha com Jo alguns de seus problemas com Ben, personagem que aparece também em Station 19, como bombeiro. Ela se diz extremamente preocupada com ele sempre que não recebe notícias, dada a natureza perigosa de seu ofício.

Grey’s Anatomy | Entenda por que Arizona e April saíram após a 14ª temporada

A 15ª temporada de Grey’s Anatomy já está em exibição. No Brasil, o drama médico é exibido no canal Sony.

Publicidade