Making a Murderer | Série teve mudança na Parte 2 por causa de críticas, afirma diretora

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Making a Murderer, série documental da Netflix, trouxe à tona o caso de Steven Avery, condenado pelo assassinato de uma mulher chamada Teresa Halbach.

Na 1ª temporada, a série apresentou o caso e mostrou motivos para que o condenado seja libertado. A força de Making a Murderer fez com quem diversas petições fossem criadas e enviadas à justiça.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, ao mesmo tempo, críticas começaram a surgir, principalmente por parte do promotor do caso, Ken Kratz. Para ele, Making a Murderer não estava apresentando o lado da vítima, Teresa Halbach.

Ao Digital Spy, a diretora da série, Laura Ricciardi, voltou a tocar no assunto. De acordo com as informações, familiares da vítima não quiseram conceder entrevistas para 1ª temporada e também para Parte 2. Mesmo assim, Making a Murderer buscou incluir mais sobre Teresa nos novos episódios.

“Eles (os familiares de Teresa) recusaram de novo para Parte 2. Mas, há uma colega de universidade da vítima que aceitou falar com a gente”, contou a diretora.

Laura Ricciardi ainda adiantou como foi essa entrevista, algo inédito na nova temporada.

Making a Murderer | Diretora promete revelações importantes na Parte 2

“Nós achamos que foi uma entrevista muito difícil. Nós realmente nos sentiríamos satisfeitos se eles estivessem conosco na série, porque você sabe, há muitas pessoas que se preocupam com Teresa e ainda estão de luto por ela. Nós não podemos imaginar essa dor”, declarou a diretora.

Para também evitar críticas relacionados ao lado da vítima na Parte 2, Laura Ricciardi admitiu que todos episódios tem uma lista com as pessoas convidadas para falar sobre o caso, inclusive aquelas que não aceitaram o convite. Para a diretora, foi uma maneira encontrada de mostrar aos espectadores que houve tentativa de tratar mais sobre Teresa.

Making a Murderer Parte 2 segue acompanhando o caso de Steven Avery. Nos novos capítulos, a série mostra a experiência dos condenados e o cumprimento da pena de um crime que Avery e o seu sobrinho, Brendan Dassey, juram não ter cometido.

A nova temporada é novamente comandada pelas criadoras do seriado, Laura Ricciardi e Moira Demos. As famílias dos condenados e os advogados que batalham pela liberdade da dupla devem participar ativamente da Parte 2. Ao todo, o novo ano conta com 10 episódios.

Na 1ª temporada do documental Making a Murderer, a série apresentou e explicou o caso de assassinato envolvendo os dois condenados e as evidências de que Avery e Dassey são, na verdade, inocentes condenados de maneira errada pela justiça norte-americana.

A Parte 2 de Making a Murderer já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio