Publicidade

Netflix perde US$ 39 milhões ao demitir Kevin Spacey e cancelar filme do ator

Publicado por Bruno Tomé

26/10/2018 13:49

Sabia-se que a Netflix teria perdido uma grande quantia de dinheiro após demitir Kevin Spacey, que no final de 2017 foi acusado por uma série de crimes sexuais. Agora, o Buzzfeed revelou a real perda da gigante de streaming.

De acordo com a publicação, a demissão custou US$ 39 milhões. Até então, Kevin Spacey era o protagonista da aclamada House of Cards. O site ainda alerta que foi colocado na conta a cinebiografia Gore.

Antes dos escândalos envolvendo o ator se tornarem conhecidos, Kevin Spacey estava desenvolvendo um filme sobre o romancista Gore Vidal. O projeto foi descartado, o que ajudou a aumentar a perda da Netflix.

House of Cards | Robin Wright responde sobre ausência de Kevin Spacey: “Nos dedicamos para fazer o melhor”

No momento, House of Cards está perto de chegar com a 6ª e última temporada, sem o ator.

Na trama da temporada final, Claire será a mais nova líder dos Estados Unidos após a morte de Frank Underwood (Kevin Spacey), que fará de tudo para ficar no poder. Como adiantou a showrunner Melissa Gibson, os últimos capítulos questionarão “de quem é a Casa Branca”. Além disso, Claire deve mais do que nunca mostrar toda a sua ambição.

O elenco conta com Robin Wright, Greg Kinnear, Diane Lane, Michael Kelly, Campbell Scott, Patricia Clarkson, Derek Cecil, Boris McGiver e Jayne Atkinson.

As cinco temporadas de House of Cards já estão disponíveis na Netflix. Já a 6ª, com oito episódios, estreia no dia 2 de novembro.

Publicidade