Super Drags | Deputado escreve nota de repúdio ao desenho da Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda que seja recomendada para maiores de 16 anos, muitos ainda não entenderam que a série Super Drags, da Netflix, não foi feita para crianças. Agora, como não poderia deixar de ser, o deputado Alan Rick, do Acre, escreveu uma nota de repúdio ao desenho, dizendo que entrará em contato com o Ministério Público para alterar a classificação indicativa para 18 anos.

“O que estamos vivenciando e confrontando no Congresso são tentativas sórdidas de influenciar sexualmente nossas crianças”, escreveu o deputado sobre a série para adultos. Confira a publicação, na íntegra, abaixo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix não perdeu tempo e ensinou, via Twitter (veja abaixo), como ativar o controle dos pais na plataforma.

Super Drags | Pabllo Vittar lança música inédita para série da Netflix

Recomendada para maiores de 16 anos, Super Drags é exatamente o que o título deixa transparecer: uma série de super-heróis estrelada por drag queens.

Na trama, durante o dia, Patrick, Donny e Ramon trabalham em uma loja de departamento, com clientes irritantes e um chefe exigente. À noite, eles liberam suas divas internas para se tornar Lemon Chiffon, Safira Cian e Scarlet Carmesim: três incrivelmente fabulosas Super Drags que foram recrutadas para reunir a comunidade LGBT e espalhar purpurina no mundo.

Anderson Mahanski, Fernando Mendonça e Paulo Lescaut criaram a série. Super Drags estreia em 9 de novembro, na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio