A Longa Jornada (Watership Down), a minissérie animada em computação gráfica, parceria entre a Netflix e a BBC, não agradou alguns espectadores britânicos. Antes de chegar na plataforma de streaming, a série começou a ser exibida no Reino Unido.

Conforme o The Sun, durante a exibição de estreia, no sábado (22), mais de 700 mil espectadores desistiram da animação durante o capítulo. O episódio começou com quatro milhões de pessoas assistindo e terminou com 3,3 milhões.

O jornal afirma que as principais reclamações são sobre a animação. Para alguns, os coelhos parecem lebres e a computação gráfica parece de baixa qualidade.


A Longa Jornada teve orçamento de 20 milhões de libras. No entanto, informações dão conta de que a maior parte do dinheiro foi investida no estrelado elenco de vozes.

A Longa Jornada | Sam Smith canta tema de abertura da nova série da BBC e Netflix

Situada numa idílica paisagem rural do sul da Inglaterra, a aventura baseada no romance de Richard Adams acompanha a jornada de um bando de coelhos por um novo lar após a destruição de seu habitat. Liderados por um par de irmãos valentes, eles saem de sua terra nativa em Sandleford Warren e enfrentam provações angustiantes, bem como predadores e outros adversários, em rumo a uma terra prometida, com uma sociedade perfeita.

James McAvoy, Ben Kingsley, Nicholas Hoult, John Boyega, Gemma Arterton, Miles Jupp, Freddie Fox, Olivia Colman e Anne-Marie Duff integram o elenco da série.

Também estão no projeto os atores Peter Capaldi e Taron Egerton, e as atrizes Gemma Chan e Rosamund Pike.

Tom Bidwell (My Mad Fat Diary) escreveu os roteiros e a direção ficará a cargo de Noam Murro (300: A Ascensão do Império).

A minissérie A Longa Jornada está em exibição no Reino Unido pela BBC One e será disponibilizada mundialmente pela Netflix.