A guerra dos streamings continua! De acordo com uma reportagem da revista Variety, a Disney vai gastar mais de 16 bilhões de dólares em produção de conteúdo em 2019. O valor representa aproximadamente 22% do total de gastos previstos por toda a indústria cinematográfica este ano.

Por fusão com a Fox, Disney terá que vender ESPN ou Fox Sports

Concorrentes da empresa, como a Warner e a Netflix, planejam gastar cerca de 14 bilhões cada.


Quem deve receber grande parte desse investimento é o Disney+, novo serviço de streaming da Disney que vai produzir séries ambientadas no mundo de Star Wars, como The Mandalorian, e no Universo da Marvel, como Loki e Visão e a Feiticeira Escarlate.

Além disso, a Disney também tem planos de trazer franquias de sucesso de volta, como Monstros S.A. e High School Musical.

Ainda não se sabe quando o Disney+ será lançado no Brasil.