Uma das polêmicas da segunda temporada de O Justiceiro é o visual de Billy Russo, vivido por Ben Barnes. O vilão, que assume a identidade de Retalho, não traz a aparência característica dos quadrinhos. Pelo contrário, traz um rosto com poucas cicatrizes.

Ao Collider, Ben Barnes voltou a falar sobre o assunto. Dessa vez, o ator se aprofundou ao explicar a escolha da aparência do Retalho. Em outra entrevista, o intérprete de Billy Russo já tinha comentado que os roteiristas queriam mostrar um dano mental no personagem.

“Eu queria ver o que aconteceria se o cérebro estivesse quebrado e acontecesse como no filme Amnésia. Se não, é apenas uma perseguição a Frank Castle. Eu achei que é mais interessante ser um cara volátil que não tem o controle de suas memórias e emoções”, explicou o ator.


O Justiceiro | Jon Bernthal revela o que ele gostaria de ver na 3ª temporada da série

Ben Barnes ainda comentou a jornada do seu personagem nos novos episódios. O intérprete do Retalho usou um lado muito psicológico para o vilão.

“A pergunta que aparecia para mim era, você inevitavelmente e necessariamente acaba onde você começou por causa de como você foi criado e quem você é? Se você é esse narcisista por natureza, você sempre será revertido para seu comportamento, não se importa como você se lembra ou interage, ou se até há esperança para alguém como ele? São questões que eu fiz para mim. Eu escreveria em todo roteiro isso, ‘Tenha certeza que está fazendo isso’. Eu acho que isso é o mais interessante para mim”, contou o artista.

Contando novamente com 13 episódios e com muita pancadaria, a 2ª temporada de O Justiceiro está disponível na Netflix.