Tá no Ar | Grupo do criador de Chaves reprova paródia do humorístico da Globo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O humorístico Tá no Ar: A TV na TV, da Globo, estreou a sua sexta e última temporada na última semana com uma paródia do Chaves. O conteúdo satirizava o presidente Jair Bolsonaro em uma versão militar do seriado mexicano.

A esquete trouxe piadas com falas do presidente eleito em diálogo com os moradores da Vila do Chaves. Seu Madrugada, por exemplo, ouviu que deve “já ir se acostumando” a pagar o aluguel, que estava 14 meses atrasado. Relembre abaixo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última terça-feira (22), a Televisa e o Grupo Chespirito, gerido pelo filho de Roberto Gomes Bolaños, criador da série, se posicionaram sobre a paródia. As empresas garantem que não foram consultadas sobre o uso do cenário ou do figurino.

Tá no Ar | Programa da Globo terá paródia do Chaves na temporada final

“O Grupo Chespirito não aprova, nem compartilha das opiniões ou pensamentos apresentados no esquete do Chaves exibido no programa Tá no Ar”, afirma o grupo, que ainda diz defender a liberdade de expressão, “mas não se associa a qualquer opinião e conceito geral e político expressado pelos atores caracterizados como personagens do Chaves”.

A produção do Tá no Ar ou a Globo não se pronunciaram após a nota dos mexicanos. A sexta e última temporada de Tá no Ar vai ao ar nas terças, logo após o BBB 19, na Globo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio