Gwyneth Paltrow fecha acordo com a Netflix para a produção de série documental

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Goop, a marca criada por Gwyneth Paltrow, que traz produtos e serviços relacionados à bem estar, estilo de vida, saúde e estética, vai ganhar diversas encarnações no mundo do entretenimento. Após fechar um contrato milionário com a Netflix, Paltrow deve produzir uma série documental expandindo o conceito da empresa.

Gwyneth Paltrow é processada e pode pagar mais de 3 milhões de dólares por acidente de esqui

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda sem título, a série vai consistir de episódios de 30 minutos apresentados por Paltrow e Elise Loehnen, uma das editoras de conteúdo do site da Goop. A dupla vai contar com a ajuda de experts, médicos e pesquisadores para tratar de temas relacionados ao bem-estar físico e espiritual.

“Nós vamos falar a linguagem de cada plataforma, onde as pessoas estão. Elas estão assistindo Netflix. Algumas das histórias mais ambiciosas que queremos contar precisam do orçamento da TV. Obviamente, não poderíamos querer uma parceira melhor”, afirmou Loehnen, em entrevista à Vanity Fair.

Além da série, a empresa de Gwyneth Paltrow também vai produzir um podcast em parceria com a Delta Airlines, companhia aeronáutica.

Goop começou como uma coluna em 2008, e rapidamente se transformou em um site de estilo de vida, agora incluindo uma página de compras e colaborações com diversas grifes de moda. No entanto, a marca sofreu muitas críticas devido aos produtos extremamente caros expostos em seus editoriais.

Gwyneth Paltrow também foi criticada por incentivar métodos e práticas sem nenhuma base científica, como enemas de café e a utilização de ovos de jade dentro da vagina para aumentar a libido e o prazer sexual da mulher.

A série da Goop ainda não ganhou data de estreia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio