Durante a Television Critics Association (via Deadline) nesta quarta-feira (6), o produtor executivo Danny Cannon falou sobre Pennyworth, nova série prelúdio do universo do Batman, agora focada em seu fiel mordomo Alfred.

De acordo com o site, Cannon afirmou que a série será ambientada “cerca de 20 anos antes de Gotham, em um mundo muito diferente; esta é a versão da DC da Londres dos anos 60”.

“Não é a Inglaterra que conhecemos. Ela tem a aparência e a sensação, mas se você olhar um pouco mais de perto, você pode se perguntar; por que isso é desse jeito? Por que esse prédio está ali? De guerra eles está falando?”, complementa o produtor.


Cannon ainda confirmou que Pennyworth será “violenta e para maiores”, ainda mais comparando-se com Gotham.

Sobre os vilões e antagonistas, o produtor disse que, enquanto vilões como Coringa e Pinguim não estão na série, haverá personagens clássicos da literatura britânica.

“Jack, o Estripador foi nos anos 1880. Mas ele tem descendentes”, revelou Bannon ao ser perguntado sobre a presença do infame serial killer.

Pennyworth | Polly Walker vai interpretar dominatrix em série sobre o mordomo do Batman

Jack Bannon (O Jogo da Imitação) vive o jovem Alfred Pennyworth, que acaba de retornar de seu serviço como soldado britânico da SAS. Formando uma empresa de segurança, ele é contratado por Thomas Wayne, com a série prometendo explorar conflitos criminosos.

Pennyworth está sendo desenvolvida por Bruno Heller, que também cuida de Gotham para a FOX. Porém, o showrunner garante que a série não tem relação com seu prelúdio do Batman.

Lançada pela Epix Network, Pennyworth ainda não tem previsão de estreia.