Os fãs estão contando nos dedos o momento em que a 8ª temporada de Game of Thrones finalmente vai estrear, mas alguns ainda não esqueceram como a 7ª temporada desagradou algumas pessoas.

A verdade, porém, é que o 8º e último ano do programa da HBO pode consertar diversos dos problemas vistos no 7º ano.

Um dos maiores problemas da 7ª temporada foi sua pressa em contar a história. O seriado enrolou por muito tempo para mostrar alguns acontecimentos, e quando eles finalmente foram mostrados, tudo surgiu de forma rápida, quase forçada.


O novo ano do programa não vai precisar mais se forcar em fazer isso. Na realidade, muito provavelmente a agora a série só tenha que encaixar alguns detalhes e desenvolver bem o final, sem precisar fazer as coisas com pressa.

Além disso, um dos problemas foi a falta de tensão. Muitos fãs reclamaram que a série teria tido medo de matar personagens protagonistas na 7ª temporada, de modo que somente Mindinho foi um personagem importante a morrer no último no.

A 8ª temporada, justamente por ser a última, deve dar um fim a diversos personagens e aumentar ainda mais a tensão do programa. Possivelmente veremos muitos de nossos personagens favoritos morrendo.

Além disso, a série não precisa mais responder todas as perguntas deixadas pelo passado. Isso porque a HBO já confirmou que fará alguns spin-offs, que devem servir para preencher lacunas deixadas pelo programa.

Game of Thrones | Atriz ficou sem falar com criadores da série por uma semana

A oitava e última temporada de Game of Thrones vai focar na luta final contra o Rei da Noite e seu exército de mortos-vivos. Os episódios serão disponibilizados no Brasil pela emissora e pelo serviço HBO Go simultaneamente à exibição nos Estados Unidos.

Além da oitava temporada, a HBO já está planejando a produção de derivados da série, um deles estrelado por Naomi Watts, ainda sem data de estreia.

A temporada final de Game of Thrones chega na HBO em 14 de abril.