Os Simpsons | Michael Jackson usou episódio para “manipular garotos”, diz produtor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista com o Daily Beast, o produtor de Os Simpsons, Al Jean, deu mais detalhes sobre o banimento do episódio da série animada que trazia Michael Jackson como um convidado especial.

A decisão foi feita pelo próprio Jean, que escreveu o roteiro do episódio, após ter assistido ao documentário Deixando Neverland, que resgata polêmicas acusações de pedofilia contra o falecido cantor. Para o produtor e roteirista, o propósito de Michael Jackson em participar de Os Simpsons era malicioso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O que me entristece é que, se você assistir àquele documentário e assistir ao episódio, honestamente, parece que o episódio foi usado por Michael Jackson para algo diferente do que queríamos. Não foi apenas uma comédia para ele, foi algo que foi usado como uma ferramenta. E acredito fortemente nisso. Isso, para mim, é minha convicção, e é por isso que acho que removê-lo é apropriado. Eu perco um pouco de dinheiro financeiramente, não é algo muito bom perder uma das coisas mais bem-sucedidas que já fiz, mas eu acho que é a decisão certa. Não gosto de fazer julgamentos contra nossas estrelas convidadas, mas o episódio em si tem um propósito falso, e me oponho contra isto agora.”

Ele adicionou: “Acho que parte do que ele queria era manipular os garotos. Realmente não sei, e deveria ser muito cuidadoso em minhas palavras, porque não é algo que conheça pessoalmente. É só o que penso. Isso me deixa muito triste.”

Michael Jackson retorna às paradas de sucesso após exibição de polêmico documentário

O documentário conta a seguinte história: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

Ações judiciais movidas por Robson e James Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.

Deixando Neverland será exibido no Brasil em duas partes na HBO, nos dias 16 e 17 de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio