2ª temporada da série Manhunt, da Netflix, será sobre atentado nas Olimpíadas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A 2ª da antologia Manhunt, da Netflix, vai focar no atentado à bomba ocorrido nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996.

A nova temporada também ganhou um título oficial: Manhunter: Lone Wolf (Lobo Solitário), e deve focar em Eric Rudolph, o responsável pelos ataques.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rudolph, um carpinteiro da cidade de Merritt Island, da Flórida, detonou três bombas caseiras dentro do Centennial Olympic Park em 27 de julho de 1996, matando uma pessoa e ferindo 111.

O terrorista só começou a ser investigado em 1997, após orquestrar atentados contra uma clínica de aborto e uma boate lésbica. Como as bombas detonadas nesses lugares eram semelhantes às do atentado olímpico, ele se tornou o suspeito número 1 na investigação do FBI.

Rudolph conseguiu escapar das autoridades e foi colocado na lista dos 10 criminosos mais procurados pelo FBI, com uma recompensa de 1 milhão de dólares por sua localização. Ele só foi capturado em 2003, em um complexo de montanhas.

A primeira temporada de Manhunt conta com 93% de aprovação no Rotten Tomatoes.

O primeiro ano da série também contou com produção-executiva de Kevin Spacey, que não deve retornar para a segunda temporada, devido às inúmeras acusações de abuso sexual.

Manhunter: Lone Wolf ainda não tem previsão de estreia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio