Ator comenta sobre popular teoria da 1ª temporada de Mindhunter

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um ator de Mindhunter finalmente decidiu tocar em uma popular teoria criada por fãs ao final da 1ª temporada da série da Netflix. Para muitos espectadores, Ed Kemper tentou assassinar o agente Ford no episódio final.

Na cena, o serial killer preso prende Ford com um abraço de urso. O agente consegue escapar e foge. Porém, ninguém havia, até então, comentado as intenções de Kemper.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para o Inverse, Cameron Britton, que interpreta o serial killer, ouviu a teoria e tentou decifrar o seu personagem. O ator diz que também não sabe qual é a intenção de Kemper.

“Uma das razões que amo Kemper é que você nunca sabe o que ele fará. Quando ele é apresentado, em sua primeira cena, você vê um cara agradável oferecendo salada. Isso dá uma verdade ao que se vê na cena final. Você nunca sabe com o que ele está vindo. Esse é o ponto que ele tenta compartilhar com Holden e com o público”, comentou o ator.

Britton tentou explicar a cena. O ator não informou se a 2ª temporada trará alguma resposta.

“O objetivo era que o público não esperava que Kemper fosse prender Holden. Então, é um mistério para mim, assim como para todos que não sabem com o que ele virá. Esse não é o ponto crucial de Mindhunter? Não é por que todo mundo vê o gênero policial? Porque todos não entendem o que leva ao crime”, concluiu o artista.

Mindhunter, com direção e produção executiva de David Fincher, deve retornar em 2019. O elenco está gravando a 2ª temporada. Enquanto isso, a 1ª temporada está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio