Produtora de Killing Eve promete 2ª temporada mais mortal: “Ninguém está a salvo”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de uma emocionante primeira temporada, a série Killing Eve certamente não tirará o pé do acelerador durante seu segundo ano.

“O caminho óbvio era deixar seis meses passarem, quando todos estava curados e tudo estava de volta ao normal”, comentou a produtora Emerald Fennell em entrevista ao TV Line. “Mas algo aconteceu, o que muda tudo. Por isso, temos a oportunidade de manter o que amamos na série, mas também queremos levá-la adiante, num rumo mais profundo e sombrio.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O importante para mim é que ninguém precisa sobreviver a nenhuma cena”, continuou a produtora. “Garotas como Villanelle não sobrevivem muito tempo, nem mulheres como Eve, porque jogam um jogo muito perigoso. Penso que ninguém está a salvo.”

A atriz Sandra Oh revelou: “Minha personagem está se sentindo muito culpada. Ela ainda não percebeu que não pode voltar à vida normal. Ficamos ainda mais frenéticos na segunda temporada. Não há descanso para ela.”

Killing Eve conta a história de uma espiã (Sandra Oh), caçando uma serial killer (Jodie Comer). Durante essa briga de gato e rato, as duas acabam ficando cada vez mais próximas, conforme a caça fica cada vez mais perigosa.

No Brasil, a série é exibida no Globoplay. A segunda temporada de Killing Eve estreia no dia 7 de abril.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio