Publicidade

Importante personagem morre na 2ª temporada de Star Trek: Discovery

Publicado por Victor Carvalho

19/04/2019 10:26

No último episódio da segunda temporada de Star Trek: Discovery, as equipes da Discovery e da Enterprise terminaram a luta contra o Controle e a Seção 31. No entanto, essa luta não foi vencida sem sacrifícios significativos.

Na primeira parte do final de duas partes da temporada, a Discovery viajou para Xahea com o cristal de tempo que tiraram de Boreth. Com a ajuda da Rainha Po, a tripulação elaborou um plano para recarregar o cristal e usá-lo para enviar os dados que o Controle está procurando no futuro.

Em um ponto, Michael Burnham entrou em contato com o cristal do tempo e mostrou-lhe uma visão do futuro. A Discovery estava sob ataque do Controle. Um torpedo de fótons estava alojado no casco de uma das seções da Enterprise, e as coisas pareciam ruins.

A visão se tornou realidade, até certo ponto, no novo episódio. Um torpedo de fótons não detonado foi colocado no casco da Enterprise. Número Um e a almirante Cornwell investigaram, mas não conseguiram desarmar o torpedo antes de explodir, e Pike foi investigar por si próprio.

Cornwell apontou que havia uma alavanca manual para a porta de emergência que poderia impedir a explosão de chegar ao resto da nave, mas alguém teria que ficar lá dentro. No começo, Pike sugeriu que deveria ser ele. Mas Cornwell não estava disposta a permitir.

Cornwell fica para trás e fecha manualmente a porta de explosão. Pike observa quando o torpedo detona e Cornwell perece na explosão.

Star Trek: Discovery apresentou Cornwell, interpretada por Jayne Brook, na primeira temporada. Ela é o principal ponto de contato da Discovery com o comando da Frota Estelar.

Star Trek: Discovery é exibida pela Netflix no Brasil.

Publicidade