Shannon Lee, filha de Bruce Lee, fala sobre a criação da série Warrior

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série Warrior, baseada em anotações de Bruce Lee, é muito especial para sua filha, Shannon Lee, que viveu uma jornada emocional que a levou até a produção da série.

Shannon tinha quatro anos quando seu pai morreu. Desde os anos 2000 ela comanda a Fundação Bruce Lee, uma organização em homenagem ao ator.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com ela, em algum momento durante os anos 2000 ela encontrou um rascunho de Warrior, série idealizada por seu pai. Os estúdios se recusaram a produzir o seriado, e a própria Shannon também deixou o projeto de lado por alguns anos. Agora, 49 anos depois, a ideia de Bruce Lee finalmente vai ganhar vida.

Depois de muitas ofertas, Shannon gostou das ideias de Justin Lin (Star Trek: Sem Fronteiras) para o projeto. Os dois chegaram em um acordo e decidiram fazer a série do jeito que Bruce Lee idealizou: com um elenco asiático.

Confira a sinópse oficial de Warrior:

“Inspirada em uma ideia da lenda das artes marciais Bruce Lee, esse drama sombrio e recheado de ação se passa durante as guerras Tong da Chinatown de São Francisco, na segunda metade do século XIX. Filmado na Cidade do Cabo, África do Sul, a série acompanha um prodígio das artes marciais que vai da China para São Francisco sob circunstâncias misteriosas e se torna um capanga de uma das famílias criminosas mais perigosas de Chinatown.”

A série é protagonizada por Andrew Koji.

Warrior estreou no dia 5 de abril nos Estados Unidos. A série não tem previsão de estreia no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio