Atenção para SPOILERS da 6ª temporada de The 100!

O canal pago Warner estreia no Brasil nesta quinta (16), às 23h40, a sexta temporada de The 100.

O novo ano da série pós-apocalíptica começa com Clarke e Bellamy sendo despertados por Jordan (o filho de Monty & Harper), após 125 anos em um sonho criogênico. Clark, Bellamy e os demais têm uma nova missão: explorar um novo planeta, iluminado por dois sóis e com uma sociedade utópica, esperando encontrar um novo lugar para refazer sus vidas.


Depois de receber a mensagem de Monty, um pequeno grupo desce para explorar o novo e misterioso planeta. Enquanto isso, na nave mãe, vários membros do Wonkru enfrentam as consequências de suas decisões. Embora pareça, a princípio, que finalmente encontraram um lugar onde serão felizes, novos perigos colocarão os protagonistas desta história à prova, enquanto os fantasmas de seu passado complicam ainda mais as coisas.

Quer saber mais sobre este início de temporada de The 100? Confira a seguir as primeiras emoções deste retorno da série:

Recomeço

The 100 pretende iniciar um novo ciclo e promete mudar completamente a dinâmica dos personagens. Em entrevista a Entertainment Weekly, o showrunner Jason Rothenberg falou sobre a nova temporada, que servirá como um “reboot” da série.

“A 6ª temporada é o maior reinício que fizemos na série até hoje, de longe. De muitas maneiras, vamos mudar tudo o que você conhece. Até temáticamente nos queriamos renovar. Antes era sobre: até onde você vai para sobreviver. Agora é mais sobre: podemos ser melhores? Os personagens serão responsabilizados por seus atos”, disse Rothenberg.

Na nova temporada da série, ao invés de ir para a Terra, os jovens estarão em uma lua chamada Sanctum.

Morte

“Sanctum”, episódio de estreia da 6ª temporada de The 100, começa com uma morte chocante.

Miles Ezekiel “Zeke” Shaw (Jordan Bolger) morreu tragicamente após cruzar uma barreira radioativa enquanto o grupo explorava um novo planeta.

A saída de Miles é, na verdade, uma forma de tirar Jordan Bolger da série. De acordo com o showrunner Jason Rothenberg, o ator foi escalado para uma outra série, e sua saída da série foi incorporada ao roteiro.

“Ele é incrível e eu teria adorado continuar com ele, mas é uma situação onde estamos perdendo-o. Não é satisfatório que ele morra, mas não há muitas opções. Essa não é uma série onde um personagem arruma um emprego em Seattle e precisa viajar. Só tem uma saída”, explica Rothenberg ao TV Guide.

Herói improvável

Os dois primeiros capítulos da 6ª temporada de The 100 foram marcados por pura tensão. Os sobreviventes chegaram a um novo planeta e estão apenas aprendendo a sobreviver no local.

Em “Red Sun Rising”, segundo capítulo da temporada, até mesmo um herói improvável aparece para ajudar os sobreviventes.

Neste episódio de The 100, os personagens descobrem que o sol vermelho do planeta afeta todos os indivíduos. Eles perdem as inibições e se tornam violentos. Por conta disso, todos se prendem para que nada aconteça.

Porém, o grupo começa a ouvir gritos de dor. Clarke e Bellamy se soltam e decidem investigar. Murphy fica para trás, até que usa a faca, que estava escondida, rouba os rifles, e foge.

Pode até parecer que Murphy seria o grande perigo do capítulo, mas não é o que acontece. Quando o sol vermelho afeta Clarke, ela tenta se matar. Ao mesmo tempo, Bellamy tenta também tirar a vida da companheira.

É quando Murphy aparece para salvar o dia em The 100. Ele é exposto ao sol vermelho, mas é o mais rápido a recuperar os sentidos. O personagem se coloca em perigo e consegue salvar Clarke e Bellamy.

Porém, a ação heroica, que envolveu uma luta com Bellamy, pode ter um alto preço. No final do capítulo, Murphy está lutando pela vida, após uma rara infecção tomar conta do seu corpo.

The 100 já está renovada para sua 7ª temporada.