Shadowhunters acabará definitivamente na terceira temporada. No entanto, esse não era o plano original da produção da série.

O seriado está acabando por uma decisão do Freeform. Partindo desse ponto, os showrunners Todd Slavkin e Darren Swimmer responderam ao Metro o que poderia ter sido pensado para uma quarta temporada, se fosse possível fazê-la.

“Um Magnus sombrio (Harry Shum Jr) seria algo que iríamos explorar e Asmodeus seria algo grande na história. Seria algo muito empolgante. Alec (Matthew Daddario) levaria ele para o lado sombrio. Amaríamos ter contado essa história”, começaram a contar os chefes da série.


Além disso, a dupla garantiu que Jonathan Morgenstern (Luke Baines) continuaria a ter uma presença marcante em Shadowhunters.

“Jonathan seria ainda maior e pior, mais do que nunca, e a sua parte sombria iria sair totalmente para fora. Luke Baines é tão talentoso, ele estaria apenas começando. Teria muitas histórias para contar com ele”, lamentaram os showrunners.

Os dois últimos episódios da série serão exibidos nos EUA, no dia 7 de maio.

“Na primeira parte do final da série, Clary inventa um plano para juntar os Shadowhunters e os Downworlders. Alec luta para ajudar Magnus”, afirma a sinopse de Alliance.

“Na segunda parte do final da série, Jonathan começa seu reino de terror e os Shadowhunters tentam encontrar uma maneira de derrotá-lo. Clary precisa fazer um sacrifício que tratá reflexos importantes para todos. Enquanto isso, sinos de igreja batem para o casamento de um casal especial”, expõe a sinopse de All Good Things, o episódio final da série.

No Brasil, a última parte da terceira temporada de Shadowhunters será lançada pela Netflix, mas o serviço de streaming ainda não confirmou qualquer data, ainda que se espera que o lançamento seja simultâneo aos Estados Unidos. Shadowhunters é baseada na série literária Os Instrumentos Mortais, de Cassandra Clare e Joshua Lewis.

Os episódios finais de Shadowhunters estão em exibição nos EUA.