CONTÉM SPOILERS

O novo episódio de Game of Thrones traz a guerra pelo governo dos Sete Reinos de Westeros e o direito de se sentar no Trono de Ferro. Não demorou muito para a batalha trazer sua primeira vítima.

Os últimos episódios trouxeram a preocupação de que Daenerys Targaryen possa estar mostrando a mesma loucura violenta que assolou seu pai, o “Rei Louco” Aerys Targaryen. Ela parecia pronta para enviar seus dragões para queimar Porto Real e todos os que estavam no local a partir do momento em que pousasse na Pedra do Dragão, se não fosse por seus conselheiros, Tyrion Lannister em particular, falando com ela.


Mas a violência nem sempre permaneceu sob controle. Ela fez seus dragões queimarem o Lorde Tarly e seu filho por não se ajoelharem. Ela estava pronta novamente para queimar Porto Real após a Batalha de Winterfell, e isso foi antes que Cersei Lannister a insultasse, executando sua amiga Missandei na frente dela.

Tyrion e Varys, o antigo mestre dos sussurros do pequeno conselho, discutiram esses impulsos violentos no início desta temporada. Varys deixou claro a Tyrion que ele serve o reino e as pessoas comuns que vivem nele acima de tudo e acima de qualquer senhor, rei ou rainha. Foi por isso que ele se juntou ao séquito de Daenerys. Mas se ela for tão má para o reino quanto o pai, então ele não se importaria em traí-la em favor de um governante melhor, como Jon Snow.

Mas ele não teve a chance. Daenerys percebeu a lealdade duvidosa de Varys e deu-lhe o mesmo destino de Tarlys, queimando-o vivo em fogo de dragão.

A oitava e última temporada de Game of Thrones está focando na luta final pelo Trono de Ferro. Os episódios são disponibilizados no Brasil pela emissora e pelo serviço HBO GO simultaneamente à exibição nos Estados Unidos.

Além da oitava e última temporada, a HBO já está planejando a produção de série derivadas de Game of Thrones, uma delas estrelada por Naomi Watts, ainda sem data de estreia.

A temporada final de Game of Thrones está em exibição na HBO.