Game of Thrones divide fãs mas continua sendo sucesso de audiência

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de estar dividindo os fãs com cenas polêmica, Game of Thrones continua se superando em termos de audiência.

“The Bells”, penúltimo capítulo da temporada final de Game of Thrones, exibido em 12 de maio, se tornou o episódio mais assistido da história da série.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O episódio foi visto por 12,48 milhões de espectadores, superando os 12,07 iniciais do último episódio da 7ª temporada, “The Dragon and the Wolf”, até então o mais assistido de Game of Thrones.

O número de espectadores do episódio deve aumentar ainda mais nos próximos dias quando a HBO contabilizar a audiência total do HBO GO (seu serviço de streaming) e de outras plataformas.

A expectativa agora é que o episódio final de Game of Thrones, a ser exibido no próximo domingo, supere todos os anteriores em audiência.

10 coisas que os fãs mais odiaram

O penúltimo episódio de Game of Thrones continua dando o que falar. Na verdade, “The Bells” recebeu até mesmo algumas das piores críticas da série, o que gera discussão.

Desde o fim de Cersei, Jaime e Varys até a loucura de Daenerys, separamos os pontos que mais deixaram os fãs de Game of Thrones insatisfeitos com “The Bells”.

Confira a seguir:

A virada de Jaime Lannister

É uma consequência do episódio anterior, “The Last of the Starks”, mas a virada de Jaime para abandonar Brienne e Winterfell para retornar à Cersei é um grande desserviço ao personagem. Depois de um arco tão bem construído e recompensador, o personagem é literalmente soterrado.

Jaime vs Euron

Em meio a diversos acontecimentos durante o clímax explosivo, simplesmente não podíamos ligar para um confronto entre Jaime e Euron. O pirata Greyjoy já havia praticamente feito o que precisava, e aparece apenas para oferecer mais um desafio – e também um ferimento a mais para Jaime.

Verme Cinzento e os Imaculados traem o código

Assim como Daenerys, Verme Cinzento está sendo motivado pela raiva. Ainda furioso pela execução de Missandei, o líder dos Imaculados quebra seu código ao matar homens desarmados e pelas costas, principalmente quando a Companhia Dourada abaixa as armas.

A caracterização de Tyrion

Tyrion Lannister sempre foi o homem mais sábio da sala, mas parece estar deslocado nesse momento. O que é compreensível, já que tenta lidar calmamente com uma mulher extremamente poderosa e a conspiração de outros para colocar um novo rei no poder, mas era de se esperar mais atitude de Tyrion. Especialmente quando ele oferece um plano de fuga para Jaime e até mesmo Cersei, deixando-se levar pelas emoções.

O destino de Varys

Essa pegou muitos de surpresa. Varys foi morto por Daenerys Targaryen quando ela descobriu sua conspiração para colocar Jon Snow no Trono. Além de insatisfeitos com a morte da Aranha, os fãs questionam como ele foi capaz de ser pego, mas isso, claro, se deve à traição de Tyrion.

Falta de ação de Arya Stark

Sejamos sinceros: Arya não fez nada nesse episódio a não ser correr por sua vida, além de escapar de ser pisoteada e esmagada incontáveis vezes. Ao menos o final do episódio parece trazer algo interessante para seu arco no episódio final.

A inutilidade de Jon Snow

Jon Snow foi outro personagem que teve pouco a fazer aqui. Mesmo quando Daenerys e os Imaculados começaram a massacrar a cidade de Porto Real, Jon não teve muito o que fazer, a não ser tentar proteger alguns dos civis e confrontar soldados que tentavam ameaçar mulheres e crianças.

Inconsistência dos dragões

No episódio anterior a “The Bells”, foi chocante como a frota naval de Euron Greyjoy matou com facilidade um dos dragões de Daenerys, Rhaegal. Agora, durante a invasão a Porto Real, Drogon é praticamente uma bomba atômica de tão poderoso, provocando uma destruição nunca antes vista na série. Será que o fator emocional de perder um irmão dragão conta?

O fim de Cersei Lannister

Uma das grandes vilãs de toda a série, a Cersei de Lena Headey merecia um fim muito melhor do que teve. Cersei não teve um grande plano ou estratégia, algo que a personagem sempre demonstrou na série, e ainda teve uma morte anticlimática ao ser soterrada pelos escombros da Fortaleza Vermelha. Merecia muito mais.

A loucura de Daenerys Targaryen

E, claro, a grande polêmica. Ainda que seja uma faceta estabelecida em seu caráter desde o início, os fãs simplesmente não aceitam a ideia de que Daenerys Targaryen sucumbiu à loucura de seu pai e queimou Porto Real até as cinzas. Diversos inocentes foram mortos, e toda a cidade foi praticamente destruída. Fãs reclamam que isso representa uma grande ruptura no arco e desenvolvimento da Mãe dos Dragões, mas isso certamente é debatível.

O episódio final de Game of Thrones vai ao ar neste domingo (19) – veja o trailer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio