O final de Game of Thrones foi decepcionante para muitos fãs, mas quase todos concordam na ideia de um derivado em potencial sobre Arya Stark.

Em uma das últimas cenas do episódio, Arya decide que vai partir para o oeste Westeros, explorando terras não registradas em mapas e descobrindo novos territórios. Ela zarpa em um barco da casa Stark, na promessa de uma nova aventura.

É algo interessante de se ver em um possível derivado, mas a HBO não tem planos para isso. (via The Hollywood Reporter)


“Não, não, não. Não, parte disso é que queremos que essa série – o Game of Thrones de D.B. Weiss e David Benioff – seja sua própria coisa. Eu não quero tirar personagens desse mundo que eles construíram de forma linda e colocá-los em outro mundo com outra pessoa criando”, diz Casey Bloys, executivo da HBO.

“Eu quero que seja deixado como a peça artística que eles têm. É um dos motivos pelos quais não tento fazer a mesma série sempre. George R.R. Martin criou um mundo gigantesco, há muitas portas de entrada. É por isso que estamos tentando fazer coisas distintas – e não tentar refazer a mesma série. É um dos motivos pelo qual, agora, uma continuação ou derivado de um dos personagens não faz sentido para nós”, conclui.

Todas as temporadas de Game of Thrones estão disponíveis na HBO GO, e a HBO prepara um prelúdio estrelado por Naomi Watts.