O quarto episódio da temporada final de Game of Thrones, The Last of the Starks, trouxe uma controversa fala de Sansa, dizendo que ela se tornou quem ela é hoje em razão dos absusos (e do estupro) sofrido nas mãos de Mindinho, Ramsay e Joffrey.

A fala foi duramente criticada pelos fãs e outras celebridades, como Jessica Chastain. Agora, a própria Sophie Turner decidiu se abrir sobre esse momento mais do que infeliz da série.

“Obviamente acho que essa não é uma boa mensagem para se espalhar”, disse Turner. “Mas não acho que essa foi a intenção. Foi que ela era forte, apesar de todas as coisas horríveis que pelas quais ela passou e não por causa delas. Ela era resiliente desde o início e, apesar das coisas horríveis que aconteceram, ela manteve essa resiliência. Sansa é resiliente, corajosa e forte e isso não tem nada a ver com seus abusadores”.


De fato, isso sim é uma boa mensagem, mas não foi o que a série transmitiu, infelizmente. Para provar como faz  falta roteiristas mulheres e diretoras em uma série desse porte.

Em todo caso, Game of Thrones acabou, agora resta aguardar por um bom final nos livros de George R.R. Martin.

Se é que os veremos algum dia.