Brasileiro visitou Chernobyl 30 vezes

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série Chernobyl, exibida pela HBO e extremamente elogiada, aumentou a vontade de turistas visitarem o local. A cidade é palco da catástrofe nuclear de 1986, quando o local ainda pertencia à antiga União Soviética.

Um brasileiro mostrou em reportagem do Uol que é um visitante antigo de Chernobyl, confirmando as expectativas dos novos interessados no local. O turista é o paulistano Arício Filho, de 39 anos, que já visitou 30 vezes a cidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Você sempre encontra algo inesperado. Tem muitas esculturas e murais escondidos”, garante o brasileiro ao Uol.

Pesquisas mostram que a série Chernobyl levantou em 40% o interesse de turistas. Mas, Arício, que mora em Kiev, diz que a população local ainda tem medo e preconceito de visitar o cenário da tragédia.

“O acidente é ainda um buraco negro para muita gente aqui. Ninguém sabe o que aconteceu com as famílias envolvidas, por exemplo”, conta Arício.

Quem visitar Chernobyl ficará de frente com murais e vitrais soviéticos, estabelecimentos fantasmas, um parque de diversões abandonado e animais que, aos poucos, voltam a habitar a área. Os passeios são feitos apenas com guias credenciados.

O custo para conhecer Chernobyl pode variar entre 88 euros e 430 euros, em um pacote com alimentação e três dias em alojamentos.

Arício pede, porém, que os turistas tomem cuidado. Há guias que colocam itens falsos em lugares estratégicos. Alguns desses objetos são máscaras de gás e bonecas sujas.

Outro ponto importante é que os guias só levam turistas à locais seguros. Até por isso, um GPS é colocado no corpo dos profissionais como prova de que os visitantes não estiveram em locais de muita radiação, como o Hospital de Prípiat.

Arício também recomenda a outros turistas que visitem zonas mais afastadas da cidade. Hoje, Chernobyl tem uma fauna rica, com alguns visitantes garantindo que viram até ursos no local.

“Quando vou, tento sair um pouco do roteiro. Gosto de entender como era a vida na cidade. Perceber a disposição dos prédios, hospitais e escolas, imaginar como as pessoas viviam ali”, declara o turista brasileiro.

Chernobyl está disponível na HBO Go.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio