A terceira temporada de Designated Survivor matou uma das personagens mais importantes na trama da série.

Enquanto rastreava a mente maligna por trás da produção de uma gripe racista – sim, um vírus que ataca pessoas com mais pigmentação em sua pele – no sétimo episódio da terceira temporada, a ex-agente do FBI Hannah Wells (Maggie Q) foi presa por um cientista em um laboratório cheio de gás do nervo.

Desorientada e incapaz de recuperar o controle de suas funções motoras, Hannah caiu de um lance de escadas e ficou incapaz de respirar.


Como se não fosse o bastante, todo o prédio em que Hannah estava ainda pegou fogo, trazendo uma morte trágica para a personagem de Designated Survivor.

Para os fãs, a morte de Hannah era esperada, mas muitos criticaram a maneira exagerada com que aconteceu.

A terceira temporada de Designated Survivor está disponível na Netflix.