Os fãs da DC foram surpreendidos nesta quinta, 6, com a notícia de que Monstro do Pântano foi cancelada depois de uma temporada. Inicialmente, o motivo informado foi o de “diferenças criativas”. 

Porém, o jornalista John Gholson traz uma versão bem diferente. O problema seria no acordo feito com a Carolina do Norte, estado norte-americano em que a série foi gravada. 

O jornalista afirma que o estado da Carolina do Norte prometeu uma devolução de US$ 40 milhões dos impostos que seriam pagos pela produção. O valor era a metade do que foi gasto com toda primeira temporada. 


Porém, por conta de um erro da documentação, isso não aconteceu. Ao fazer a correção, a produção da DC percebeu que veria US$ 14 milhões de volta, o que é uma grande diferença. Por isso, o Monstro do Pântano encerrou logo as gravações para não pagar mais impostos. 

O ComicBook também afirma que em abril surgiu uma informação de que o estado da Carolina do Norte realmente cometeu um erro nesse sentido. Isso pode ter motivado o corte de três episódios que Monstro do Pântano teria a mais. 

A única temporada de Monstro do Pântano está em exibição no DC Universe. Não há previsão de estreia para série no Brasil.