Série de Sandman foi recusada pela HBO antes de ir para Netflix

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente anunciada como uma nova série da Netflix, Sandman quase teve uma casa muito diferente.

De acordo com o Hollywood Reporter, a Warner Bros. TV apresentou o projeto da série para vários serviços de streaming e canais diferentes, incluindo a própria HBO, que pertence à Time Warner.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, a HBO acabou recusando Sandman, já que considerou o preço anexado à série alto demais – e também porque já é dona de uma programação cheia de grandes produções.

Interessada em expandir seu catálogo, a Netflix aceitou pagar pelo que a Warner Bros. TV exigia, já que vê potencial para Sandman se tornar uma franquia do nível de Game of Thrones, da HBO.

Sandman terá produção de Neil Gaiman (Good Omens) e David Goyer (Constantine), com roteiros de Allan Heinberg (Mulher-Maravilha).

A Warner Bros. tentou levar Sandman para os cinemas por anos, mas os projetos nunca vingaram, já que os diretores e roteiristas sempre encontravam dificuldade para abordar a natureza complexa do material de origem.

Obras de Neil Gaiman têm ganhado destaque na TV nos últimos anos, inspirando séries como Lúcifer, Good Omens e American Gods.

Série de romances gráficos aclamada pela crítica e de grande sucesso em vendas, Sandman teve sua primeira publicação em 1988, narrando as sombrias e psicodélicas aventuras de Sono, a representação antropomórfica do sonho, um dos sete seres perpétuos.

A série de Sandman não tem previsão de lançamento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio