A Netflix já gastou bilhões com suas produções originais, mas parece que ela vai ser mais cautelosa daqui para a frente.

De acordo com uma nova reportagem do The Information, a plataforma de streaming decidiu que a chave para o futuro é ser mais inteligente com o que gasta seu orçamento no futuro.

De acordo com a reportagem, Ted Sarandos disse aos executivos de televisão e filmes da Netflix que a companhia vai parar de gastar em projetos de grande orçamento a não ser que tenha um retorno garantido desse investimento.


Os projetos que teriam sido citados pelo chefe da Netflix incluem Operação Fronteira, estrelado por Ben Affleck, Oscar Isaac, Pedro Pascal e Charlie Hunnan, que custou mais de 115 milhões de dólares e acabou sendo um fracasso de audiência.

Isso não quer dizer que grandes projetos não vão mais acontecer, mas eles precisam ter algum tipo de garantia de audiência, como é o caso da série de Sandman, ou The Witcher.

Existe, no entanto, a possibilidade de mais produções serem canceladas com maior frequência a partir de agora.