Criadores de Breaking Bad recusaram R$300 milhões para novos episódios

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Breaking Bad foi um fenômeno, e muitos queriam que o seriado continuasse. Uma dessas pessoas foi Jeffrey Katzenberg, que atualmente lança seu streaming do Quibi.

Na época da temporada final da série de Vince Gilligan, Katzenberg fez uma oferta de US$75 milhões (aproximadamente R$288 milhões) para a produção de mais 3 episódios da série da AMC. Gilligan recusou a oferta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu me encontrei com eles uns quatro ou cinco meses antes da temporada final ser exibida. Eu fiz uma proposta a eles de que compraria três episódios adicionais de Breaking Bad pelo valor de US$25 milhões por episódio. Na época, eles produziam essa série por US$3.5 milhões por episódio, então literalmente comprar 3 novos episódios por essa quantia significaria que eles teriam lucrado mais com esses 3 episódios do que qualquer outra coisa nos últimos cinco anos”, diz Katzenberg.

Katzenberg disse que os episódios seriam capítulos de 5 a 10 minutos, e o que o plano seria disponibilizar um por dia – em um período de 30 dias, e cobrar US$1 por cada um deles.

Gilligan acabou recusando a oferta, e Breaking Bad acabou em sua sexta temporada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio