O grupo anti-tabagismo Truth Iniative, obviamente dos EUA, teceu duras críticas à Stranger Things pela forma como retrata seus personagens fumando cigarro.

Em resposta, a Netflix disse (via Variety) que cortará todas as cenas de personagens fumando em programas com classificação indicativa de 14 anos para baixo, exceto em casos de “precisão histórica”.

“A Netflix apoia fortemente a expressão artística”, disse um representante da companhia à Variety. “Mas também reconhecemos que o ato de fumar é prejudicial à saúde e quando retratado de forma positiva na tela pode afetar negativamente os jovens”.


Aproveitando, a Netflix poderia passar a fazer comerciais de margarina.

Vamos ver como isso vai afetar futuras produções da plataforma de streaming.

Stranger Things retorna no dia 4 de julho de 2019, com sua terceira temporada.