Depois de Rogue One: Uma História Star Wars, Diego Luna voltará para franquia com uma série derivada de Cassian Andor. A produção será do Disney +.

O ator está empolgado em voltar a viver o personagem. Porém, em entrevista ao SYFY Wire, revelou uma decepção que teve com o filme de Star Wars, muito por ser um aparente fim de linha – no longa, Cassian Andor e Jyn Erso ( Felicity Jones), os protagonistas, morrem.

“Quando vi o filme pela primeira vez, eu fiquei decepcionado. Não por causa do filme. Meu filho me pediu, ‘Pai, é isso?’. E eu respondi, ‘Bem, sim. É assim que os filmes são’. Mesmo sabendo, entendendo, eu vi que aquele foi o momento quando eu percebi. Percebi que amei o personagem e o universo que eu não podia mais fazer parte. Mas o tom do filme é honroso, eu acredito, ao melhor desse universo. Obviamente, eu digo isso porque estava pronto para receber isso. Os filmes de Star Wars deixaram uma marca em mim, como espectador e cineasta”, explicou o ator.


Com a série, Diego Luna terá a chance de viver mais um pouco o personagem. Para o ator, é um sonho se tornando realidade.

“TV é onde temos tempo para desenvolver, ver personagens e fazer coisas que os filmes não permitem. E eu acho que, às vezes, há até uma proximidade maior com o público”, destacou Luna.

A série será ambientada antes dos eventos de Rogue One. Alan Tudyk também reprisa seu papel como K2-SO, droide aliado de Cassian.

A série deve chegar ao Disney+ em 2021.