Um homem de 41 anos ateou fogo nos estúdios da Kyoto Animation, no Japão. 33 pessoas morreram neste que foi o incêndio mais terrível dos últimos 20 anos no país.

O crime ocorreu nesta quinta-feira, 18. Ainda não se sabe qual foi a motivação do autor. Além dos 33 mortos, 37 pessoas ficaram feridas. Dessas, 10 estão em estado grave.

Em seu Twitter, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, prestou suas condolências às vítimas do ataque.


“Hoje, nós tivemos diversas casualidades em um ataque fatal em Kyoto. É tão terrível que estou sem palavras. Gostaria de expressar minhas profundas condolências às vítimas. Ofereço minhas orações para que todos os feridos se recuperem melhor”, disse o chefe de estado.

De acordo com testemunhas que estavam no local, o suspeito, que acabou ferido pela própria ação, gritou “morram”, antes de atear um líquido inflamável no local. O suspeito está em custódia em um hospital.

Criado em 1981, o estúdio da Kyoto Animation está longe de ser o mais popular do país. Mesmo assim, trabalhos conhecidos e importantes já foram realizados por lá, como as animações Lucky Star e A Melancolia de Haruhi Suzumiya. O anime Pokémon também já esteve envolvido com a Kyoto Animation em produções secundárias.