Neil Gaiman convidou Jon Hamm por e-mail para estrelar Good Omens

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O escritor Neil Gaiman revelou uma história inusitada sobre a escolha de Jon Hamm para o papel de Anjo Gabriel na série Good Omens, da Amazon. Ele também falou sobre uma sequência do livro que inspirou a série, que nunca chegou a ser lançada de fato.

Em entrevista ao TV Take, podcast do site Variety, Neil Gaiman revelou que convidou Jon Hamm para participar de Good Omens por email.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu conheci o amável e incrível Jon Hamm para interpretar o Anjo Gabriel e convencer a todos. Eu não sei se teria sido fácil sem o Jon. [Quando eu criei o personagem] eu apenas pensei ‘Bem, ele tem que ser o chefe mais bonito, mais bem vestido e mais convencido de todos, na cabeça dele, não existe sequer a possibilidade dele estar errado naquele universo. Quem poderia interpretar esse personagem?’”, disse o escritor, que em seguida mandou um email para Jon Hamm.

“Eu o escrevi um email dizendo ‘Querido Jon Hamm, há alguns anos você me disse que ‘Good Omens’ era seu livro favorito quando você estava na faculdade e que ele era ‘infilmável’. Eu cometi o erro de adaptá-lo a televisão, você se importaria em interpretar o Anjo Gabriel? Ele não existe no livro.’”, escreveu Gaiman.

De acordo com o escritor, Jon Hamm respondeu com um simples “Sim”, assinado com o seu sobrenome “HAMM” em letra maiúscula, que é a “maneira em que Jon Hamm assina qualquer coisa”.

Neil Gaiman também revelou que o livro Good Omens quase ganhou uma sequência. O projeto, que seria escrito também em parceria com Terry Pratchett, seria intitulado “668: The Neighbor of the Beast”. Infelizmente, esse livro sequer chegou a ser escrito.

Good Omens está em exibição na Amazon.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio