Estrela deixou The Rookie após sofrer racismo e assédio sexual

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Rookie, série com Nathan Fillion, terá que lidar com uma bomba ao mesmo tempo que está perto de chegar com a segunda temporada. A atriz Afton Williamson explicou neste domingo, 4, através do Instagram, os motivos que a fizeram deixar a série. Veja abaixo.

A estrela afirma que sofreu discriminação racial, assédio e até uma agressão sexual na festa de encerramento das gravações da primeira temporada. Williamson ainda relatou que  reportou alguns dos casos ao showrunner Alexi Hawley, que não tomou muitas atitudes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Durante o piloto, eu senti discriminação racial com comentários inapropriados do departamento de cabeleireiros e bullying de produtores executivos. Durante a temporada, isso continuou com assédio sexual de um convidado especial, comentários racistas e bullying do departamento de cabeleireiros e isso foi intensificado com uma agressão sexual em nossa festa de encerramento”, relatou a atriz. 

Na publicação, Williamson ainda contou que o chefe do departamento de cabeleireiros só foi demitido após a atriz relatar o caso de assédio por parte do funcionário. Mesmo assim, a atriz reafirmou que “nenhuma investigação foi aberta após as acusações dela”. 

Em junho, o showrunner e dois produtores tentaram marcar um encontro, prometendo que a situação seria esclarecida. Mas, nada teria acontecido e as gravações da segunda temporada foram marcadas. Por isso, Williamson “deixou” The Rookie

Na série, a atriz vivia Talia Bishop, uma das personagens principais. Bishop atuava diretamente com o protagonista Nathan Fillion, que interpreta John Nolan na produção.

A ABC ainda não se manifestou após a publicação da atriz. 

A segunda temporada de The Rookie está agendada para 29 de setembro. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio