Star Trek: Picard vai resolver um dos mistérios mais frustrantes da franquia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de décadas, os fãs poderão ter a resposta de um dos mistérios deixados por Star Trek: The Next Generation, ou Star Trek: A Nova Geração.

Star Trek: Picard promete resolver o destino de Hugh e o seu coletivo de Borgs, uma das raças mais poderosas da galáxia. Algumas pistas sobre a resolução desse mistério já foram mostradas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A história da série, que terá a volta de Patrick Stewart como Jean-Luc Picard, se passará duas décadas depois de Star Trek: Nêmesis (2002), filme que encerrou a trama com o elenco de A Nova Geração.

Muitos integrantes do antigo elenco estão retornando para nova produção. Entre eles, Jonathan Frakes, como Riker, Marina Sirtis, revivendo Deanna Troi, Brent Spiner, novamente como o amado androide Data, e Jeri Ryan, que é a Borg conhecida como Sete de Nove.

Por fim, o próprio Hugh estará de volta na série. Jonathan Del Arco está confirmado para reprisar o papel. Ou seja, Picard deve enfrentar novamente ou ao menos rever uma das piores ameaças que teve como Capitão.

A participação dos Borg em Star Trek: A Nova Geração é curta, em relação a outros personagens, mas marcante. Os ciborgues poderosos são introduzidos na segunda temporada, quando Q quer provar que os humanos não estão prontos para as ameaças das profundezas da galáxia.

É assim que a Frota Estelar chama atenção dessa raça, que decide invadir a Terra. No episódio-duplo O Melhor dos Dois Mundos, que faz a ponte da terceira para quarta temporada, os Borgs chegam à Terra e quase a dominam.

O comandante Riker consegue salvar o dia com uma estratégia própria. Mas, apenas depois de 11 mil pessoas serem mortas, 40 frotas destruídas e Picard ter a mente invadida pela raça avançada.

Isso fez com que o Capitão ficasse traumatizado com os eventos. Tanto que na quinta temporada, no episódio I Borg, vislumbrou uma chance de acabar com os inimigos quando um jovem ciborgue foi encontrado perdido no espaço.

Esse personagem ganhou o nome de Hugh e em primeiro lugar era visto como uma chance de se tornar um vírus que seria colocado entre os Borgs. Isso poderia acabar com a raça avançada.

No entanto, Picard repensou o seu plano e ao ver a humanidade de Hugh, decidiu dar a chance de deixar o Borg ficar entre os humanos. Mas, o personagem preferiu voltar para o seu povo, com a crença de que poderia mudar alguns pensamentos de sua raça.

Hugh, então, nunca mais é visto em produções de Star Trek. Nem mesmo no filme Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato (1996), quando Picard tem um novo confronto com a raça dos Borgs, que tem como objetivo acabar com outras espécies.

Com o retorno de Hugh confirmado, o trailer de Star Trek: Picard até ganha outra interpretação. É indicado que os Borgs tiveram um papel importante na dizimação do Império Romulano.

Resta agora saber como essa trama aconteceu e qual é o papel de Hugh nisso. O que os fãs podem quase ter certeza é que o mistério criado em 1993 finalmente deve ser respondido.

Star Trek: Picard estreia ainda em 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio