Riverdale acompanha Archie, Jughead e seus amigos nos dramas da juventude ao mesmo tempo que todos devem lidar com assassinatos, gangues e cultos. No entanto, essa história poderia ter sido extremamente diferente.

Para Entertainment Weekly, o showrunner Roberto Aguirre-Sacasa revelou que Riverdale foi pensada para se passar em um apocalipse zumbi. A inspiração para série seria a situação hipotética de ter Buffy: A Caça-Vampiros encarando um mundo devastado.

Há uma HQ, do próprio Aguirre-Sacasa, que toca no tema. É Afterlife with Archie, que se passa em uma realidade alternativa em que o apocalipse começa em Riverdale.


“Quando originalmente falávamos sobre fazer uma série com os quadrinhos de Archie, uma das ideias era Afterlife with Archie e isto não seria uma descendente de Dawson’s Creek como Riverdale é, mas sim uma descendente de Buffy. Era uma ideia que todos estavam apaixonados”, revelou o chefe da série.

A HQ Afterlife with Archie começa com Jughead e a bruxinha Sabrina. Ele pede que o seu cachorro seja ressuscitado.

Sabrina atende o pedido, mas erra o feitiço. O cão volta como um zumbi. Após morder Jughead, o personagem espalha o vírus por toda cidade. Depois, os personagens descobrem que a magia acordou também Cthulhu, um espírito maligno que controla os mortos-vivos.

Em Riverdale, Archie, Jughead, Veronica e Betty conhecem bem a amizade e o amor, mas também são contemporâneos da traição, mentiras, segredos e desejos poderosos de seu ambiente e de seus pais. Embora queiram fazer as coisas de maneira correta, ligados à ética e ao amor fraternal, um peso gigante parece cair sobre seus ombros e isso está na essência da cidade de Riverdale. Suas ações e decisões são meramente o fruto dos mesmos erros que seus pais cometeram quando eram adolescentes, e isso parece governar o destino e o futuro destes jovens, que lutam todos os dias para tomar decisões corretas.

A quarta temporada chega em 9 de outubro na Warner Channel. Riverdale é exibida às 21h40, em transmissão simultânea com os EUA.