A produção de Riverdale foi abalada pela morte súbita do ator Luke Perry, falecido em março deste ano. Agora, a quarta temporada do drama da CW terá um episódio inteiro para homenagear o ator, que viveu o pai de Archie.

Em entrevista para o TV Line, o showrunner Roberto Aguirre-Sacasa falou sobre o episódio, que será o primeiro da temporada e servirá como uma experiência mais isolada do restante da série.

“É um episódio bem isolado. Nós até descartamos o uso de ‘anteriormente’ [que é visto no começo de todo episódio]. Quando terminamos o episódio, todos pensaram que não iríamos precisar. Os produtores também queriam um pouco de tempo extra, então tiramos. Queríamos deixar o episódio ‘respirar'”, diz Sacasa.


O showrunner ainda falou sobre a participação de Shannen Doherty (que contracenou com Perry em 90210) no episódio, mas sem revelar seu papel.

Em Riverdale, Archie, Jughead, Veronica e Betty conhecem bem a amizade e o amor, mas também são contemporâneos da traição, mentiras, segredos e desejos poderosos de seu ambiente e de seus pais. Embora queiram fazer as coisas de maneira correta, ligados à ética e ao amor fraternal, um peso gigante parece cair sobre seus ombros e isso está na essência da cidade de Riverdale. Suas ações e decisões são meramente o fruto dos mesmos erros que seus pais cometeram quando eram adolescentes, e isso parece governar o destino e o futuro destes jovens, que lutam todos os dias para tomar decisões corretas.

A série é exibida no canal pago Warner Channel no Brasil, que a transmite simultaneamente com os EUA nas quartas, às 21h40.

As primeiras temporadas de Riverdale também estão disponíveis na Netflix.

A 4ª temporada de Riverdale estreia na CW americana em 9 de outubro.