Por mais grandiloquente que possa parecer, o grande vilão da temporada final de Supernatural será Deus, que tem a identidade de Chuck na série da CW.

Em entrevista para a Entertainment Weekly, o showrunner Andrew Dabb explicou essa relação de antagonismo, e como os irmãos Sam e Dean Winchester lidarão com esse desafio..

“Sempre há mais para a história do que uma simples narrativa de vilão maniqueísta, mas no fim das contas, Deus esteve puxando as cordinhas por trás das cenas e agora Sam e Dean percebem as cordas que não foram puxadas, não gostando do que foi feito com eles, e tentando se libertar pela primeira vez em suas vidas”, disse Dabb


“É uma relação que eles tiveram com o pai. Muito da jornada deles, principalmente a do Dean, foi se libertar de um tipo de condicionamento, então sim, é Deus, e parece meio bobo dizer que Deus é o grande vilão da temporada final, mas ao mesmo tempo, em termos de temática e paralelos, se conecta de forma forte com o que a série tem sido, desde o primeiro episódio”, explica.

“O começo do fim – Pegando de onde finalizamos a última temporada, Sam, Dean e Castiel são deixados para defender o mundo depois que todas as almas do inferno foram libertadas, estão de volta na Terra e livres para matar”, diz a sinopse do primeiro capítulo da 15ª e última temporada.

A 15ª temporada de Supernatural chega em 10 de outubro nos EUA.