Peaky Blinders é uma das séries mais subestimadas da atualidade, e um dos atrativos é a forma como a saga de crime se mistura com eventos e figuras históricas.

Para a sexta temporada da série, o criador Steven Knight prometeu uma participação histórica importante, e que vai surpreender os fãs.

“Eu não estou visando ir para o Oeste, necessariamente, mas se encontrarmos figuras famosas que estão envolvidas com os negócios de Tommy, nós as usaremos. Na sexta temporada haverá uma figura histórica que vai surpreender as pessoas”, disse Knight em bate papo no Reddit.


As principais novidades do elenco para a quinta temporada são Sam Claflin (The Nightingale) e Anya Taylor-Joy (Vidro). Também entram na série Brian Gleeson (Trama Fantasma), Kate Dickie (A Bruxa), Cosmo Jarvis (Lady Macbeth), Emmett J. Scanlan (Butterfly) e Neil Maskell (Kill List), que será Winston Churchill.

A história se passa durante a grande crise de 1929, um momento delicado e oportuno para alguém se tornar a esperança de uma nação. É assim que a família Shelby percebe o crescimento de um político, interpretado por Sam Claflin.

O elenco de Peaky Blinders conta com Cillian Murphy, como o protagonista Tomy Shelby, Helen McCrory e Paul Anderson.

As quatro primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix.