Daybreak, a nova série de zumbis da Netflix, não esconde sua inspiração em Buffy: A Caça-Vampiros (1997-2003).

Em uma entrevista ao ScreenRant, os produtores executivos de Daybreak, Aron Eli Coleite, Jeff Fierson e Brad Peyton falaram sobre as semelhanças de Daybreak e Buffy: A Caça-Vampiros.

“A razão pela qual citamos Buffy: A Caça-Vampiros é porque ela consegue misturar uma série de terror com uma história de amadurecimento. Você sabe, com um humor bem subversivo e com emoções profundas ao mesmo tempo. E você tem tudo isso em uma hora. Poucas séries são capazes de fazer isso e nós pensamos, ‘onde essa série está agora?’ E sim, essa série é perigosa, mas ela é otimista no fim das contas. Onde está a série que é capaz de nos aterrorizar e que ao mesmo tempo te faz rir no próximo segundo, mas que pode te atingir com uma emoção que você não está esperando. Como conseguir isso, e porque mais pessoas não estão fazendo coisas do tipo, especialmente quando o mundo em si está tão sombrio”, disseram os produtores.


A história de Daybreak se passa na cidade devastada de Glendale, na Califórnia. Nesse mundo, uma explosão nuclear transformou os adultos em zumbis selvagens que têm sede por sangue. Para sobreviverem, os jovens se dividem em gangues, com leis e até demarcação de territórios. É quase um reflexo de um ensino médio mortal, já que as líderes de torcida e os atletas possuem seus próprios grupos.

O protagonista da série é Josh Wheeler (Colin Ford), um garoto canadense que chegou recentemente na cidade. O jovem passará por todos territórios para achar a sua namorada Sam (Sophie Simnett).

Daybreak está disponível na Netflix.