Prelúdios são sempre complicados, principalmente de obras cujo desfechos já sabemos. E a CBS tem um problema assim com Young Sheldon, que acompanha as aventuras juvenis de um dos personagens de The Big Bang Theory, série que encerrou sua jornada este ano.

O mais recente episódio da sitcom mostrou o jovem Sheldon enfrentando problemas, e também ilustrou seu comportamento difícil: ele não é agradecido ou exatamente bom com as pessoas. Uma marca que sempre foi clássica em Sheldon Cooper, afinal.

E isso ilustra bem o problema que o prelúdio tem: o protagonista nunca poderá crescer emocionalmente. As 12 temporadas de The Big Bang Theory acompanharam a transformação de Sheldon Cooper em um ser humano que passa a ser menos arrogante e humano, aprendendo a agradecer e pedir desculpas – algo que acontece pela interação com seus amigos.


Como sabemos onde o Sheldon adulto precisa estar quando The Big Bang Theory começar, isso significa que Young Sheldon precisa manter o personagem igual por toda a sua duração. Se ele já está agindo de forma arrogante agora, ele jamais poderá ter uma catarse ou arco de transformação sem se tornar incompatível com sua versão na série original.

É o problema de todo prelúdio.

Young Sheldon segue em exibição na CBS. No Brasil, a comédia é transmitida pelo Warner Channel.