Quando Os Simpsons chegaram a TV pela primeira vez em 1989, ficou claro quem era a estrela do programa. A animação colocou Bart no centro de seus primeiros episódios, e não demorou muito para que ele conquistasse os espectadores.

Mas após a terceira temporada, o então escritor Conan O’Brien provavelmente se cansou de repetir algumas situações, e concentrou a trama em Bart e Homer, aumentando a variedade de cenários e atividades sociais, desde o pátio da escola até o mundo adulto em geral.

Da mesma forma, quando South Park exibiu seu primeiro episódio em 1997, o foco principal do programa foram suas quatro crianças de 8 anos: Stan, Kyle, Cartman e Kenny.


Embora tenha havido um período em que os criadores Trey Parker e Matt Stone tenham perdido o interesse em Kenny – permitindo que Butters, Tweek, Jimmy e Timmy ganhassem espaço – as crianças sempre permaneceram no centro do show, com Cartman emergindo como o principal motivo de comédia.

Mas agora, após 22 temporadas, South Park aprendeu a mesma lição difícil que Os Simpsons: os personagens adultos são mais engraçados. Ou, mais especificamente, o patético pai de Stan, Randy Marsh, é mais engraçado.

Nos últimos anos, Randy se tornou o Homer de South Park, enfrentando episódios icônicos. O aumento de histórias centradas nele não é coincidência. Parker e Stone disseram anteriormente que, à medida em que os espectadores envelhecem, se identificam mais com personagens de sua idade.

Ao mudar gradualmente o foco para um personagem adulto, Parker disse à Vanity Fair em 2016: “Costumávamos ter muito medo disso, e lentamente Randy – o pai de Stan – se tornou um personagem tão grande, se não maior, quanto Stan. Agora , a merda de Randy é o que é engraçado para nós.”

Isso está claro na nova sequência de créditos de abertura do programa, que agora nos dá as boas-vindas às Tegridy Farms, o negócio da maconha de Randy, e não ao próprio South Park.

Cada episódio começa quase como o início de uma comédia (ou, sem dúvida, um episódio de Os Simpsons), com Randy anunciando seu mais recente e ridículo esquema de negócios para sua família na mesa do café.

À medida que South Park continua a evoluir, experimentando sua continuidade, parece estar se afastando das crianças de boca suja que a tornaram um sucesso. Parker e Stone agora optam por satirizar sua própria geração – e seu show é melhor para isso.

A 23ª temporada de South Park já está em exibição. No Brasil, a série é transmitida pelo canal Comedy Central.